Nessa modalidade, quando você faz um empréstimo, você pode entrar em um acordo com o banco, onde o pagamento das suas vendas feitas na SumUp será depositado numa conta bancária específica que não poderá ser alterada, pois o banco poderá usar essas vendas como garantia para a quitação do empréstimo.

Mas não se preocupe! Isso não significa que você vai deixar de receber seus pagamentos, a trava é apenas uma garantia de que o empréstimo será pago.

Para saber mais sobre a trava bancária, basta clicar nos botões abaixo:

Se você tentar mudar sua conta e ela estiver com uma trava bancária, você verá a seguinte mensagem:

Isso aconteceu por conta da interoperabilidade, em que a partir de agosto de 2020, possibilitou recebermos as travas bancárias dos bancos homologados na CIP. 

Esses bancos precisam manifestar interesse em tombar suas travas para a empresa reguladora das travas bancárias, a CERC (Central de Recebíveis S.A) . Quando isso é feito, conseguimos ver as travas ativas nesses bancos também.

O Valor Máximo de Retenção ou VDR, é o valor máximo que pode ser travado das suas vendas num mesmo dia. Esse valor não é cumulativo e pode mudar conforme você vai pagando sua dívida.

O VDR geralmente é igual o seu saldo devedor junto ao banco, mas pode ser menor, dependendo do que foi acordado no seu contrato.

Ex: Se o seu VDR é de R$ 300,00 e você teve R$ 500,00 de faturamento num dia, terá R$ 200,00 livre de retenção.

A trava começa a valer após a assinatura do contrato e a disponibilização do empréstimo e será destravada assim que o valor do empréstimo for quitado junto ao seu banco.

Caso ela não seja destravada automaticamente, você precisará entrar em contato com o banco responsável pelo empréstimo, para solicitar o destravamento.

Isso se chama Trava Relacional e geralmente está ligada ao cheque especial.

Sempre que um banco oferece um crédito, ele pode estipular uma trava bancária vinculada a liberação do valor, mesmo que você não tenha usado.

Se você não quiser essa trava, será necessário entrar em contato diretamente com seu banco para abrir mão do benefício e retirar a trava.